Literatura Notícias

Itaú Cultural abre Edital para Poetas Surdos

O Itaú Cultural dá continuidade à série de lançamentos de “Arte como respiro: múltiplos editais de emergência” com a abertura das inscrições de projetos para Poesia Surda, na próxima segunda-feira, dia 27 de abril. Voltado exclusivamente para poetas surdos ou com deficiência auditiva, este edital recebe inscrições até as 23h59 (horário de Brasília) da sexta-feira, 1º de maio pelo link https://itaucultural.formstack.com/forms/artecomorespiropoesiasurda.

Voltado exclusivamente para pessoas surdas ou com deficiência auditiva maiores de 18 anos, o edital abrange apenas a poesia surda, descartando qualquer outro gênero literário dentro da modalidade. A poesia inscrita deve estar finalizada e ser uma criação individual do artista participante. Ela deve ser apresentada, no ato da inscrição, em formato de vídeo em Língua Brasileira de Sinais (Libras), com legendas em português ou em visual vernacular – recurso artístico e poético próprio das línguas de sinais, também conhecido no Brasil como Libras 3D.

A equipe de Educação e Relacionamento do Itaú Cultural selecionará até 100 trabalhos, que receberão, cada um, o valor bruto de R$ 2,5 mil como remuneração pelo licenciamento dos direitos autorais da obra. Os selecionados serão informados por e-mail até o dia 25 de maio e os trabalhos contemplados serão apresentados ao público virtualmente em um prazo inicial de até seis meses – o qual pode ser alterado diante do quadro ou de necessidades da instituição.

Fica a cargo do Itaú Cultural a forma de exibição dos trabalhos contemplados. Estes poderão chegar ao público por meio da grade de programação virtual da organização, por suas redes sociais ou, ainda, pelos canais e mídias dos próprios artistas.

“Nesse momento de pandemia mundial, acreditamos ser importante essa aproximação com a comunidade artística surda, acolhendo trabalhos produzidos anteriormente ou criados nesse período de recolhimento necessário”, diz Valéria Toloi, gerente do Núcleo de Educação e Relacionamento do Itaú Cultural.

“Arte como respiro: múltiplos editais de emergência” foi iniciado no começo de abril, em conexão com o amplo movimento espontâneo de criação online no meio artístico neste momento de suspensão social, em decorrência da pandemia do COVID-19. Agora voltado para a poesia surda, o fomento já foi dedicado às artes cênicas, seguido de música e de artes visuais. O Itaú Cultural prevê, ainda, contemplar outras áreas de expressão artística, que estão sendo definidas, mantendo, assim, a sua proposta de acolher os artistas sujeitos a atuar isoladamente e sem remuneração neste período crítico.

Compartilhar:

Comentários

Clique para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade